Sidnei de Oliveira

 

Músico, compositor e instrumentista, natural de São Francisco de Paula – RS, iniciou os estudos de música na ESCOLA TECLAS & CORDAS (Caxias do Sul - RS) estudando violão erudito, viola caipira, harmonia e improvisação com Valdir Verona.

Em 2003 participou da XXI Oficina de Música de Curitiba onde realizou o Máster Class de Música Antiga com o alaudista internacional Hopkinson Smith). No mesmo ano foi convido a participar do conselho deliberativo da ANVB (Associação Nacional Violeiros do Brasil).

 

  • Vencedor do Prêmio Syngenta de Música Instrumental de Viola de 2004 (Prêmio Nacional de composição para Viola Instrumental) com a composição Esplendor de sua autoria, prêmio este realizado no Teatro Alfa – SP, gravando um CD ao vivo na final. (www.youtube.com/watch?v=-ow7y4EYlmU)

 

Realizou shows em vários locais e estados do Brasil como:

Manaus - AM, Brasília - DF, São Paulo – SP, Florianópolis - SC, Vitória - ES, Salvador - BA, Curitiba - PR, Belo Horizonte - MG, cidades do interior do Rio Grande do Sul e de São Paulo.

 

Já dividiu o palco com músicos do universo caipira e também grandes nomes da música popular brasileira como: Pereira da Viola, Paulo Freire, Levi Ramiro, Antonio Moreira, Bilora, Vitor Batista, Cláudio Lacerda, Ária Trio, Valdir Verona, Renato Teixeira, entre outros.

Em 2009 teve a oportunidade de abrir o show do músico e violeiro Almir Sater em Praia do Forte – BA, no projeto Circuito Syngenta de Viola Instrumental.

Em seus shows sempre executa suas composições próprias e arranjos de clássicos do universo caipira e popular.

 

Shows no exterior no ano de 2006:

  • Basel - Suíça e Punta Del Este-Uruguai.

 

Gravou vários programas de Rádio e TV como: Programas da TV UCS – Caxias do Sul, TV UNAERP e TATI em Ribeirão Preto, TV Minas, Canal Rural, TV Canção Nova... em emissoras de rádio como Rádio USP, Rádio Caxias, Rádio Coc - RP, entre outras.

 

Possui duas composições e três arranjos que fazem parte de CD’s:

 

  • Esplendor (2004) 1º Lugar no Prêmio Syngenta de Viola Instrumental
  • Natureza Morta – Bilora (2004) Finalista do 20º Musicanto - Arranjo
  • Esperança (2009) Circuito Syngenta de Viola Instrumental
  • Lamparina da Noite – Adelmo Arcoverde (2009) Circuito Syngenta de Viola Instrumental - Arranjo
  • Peregrinas Inquietudes – Moisés Silveira de Menezes (2004) VIII Bivaque da Poesia Gaúcha – Música premiada com o 3º lugar de melhor arranjo.

 

No ano de 2010 foi contemplado no PRÊMIO FUNARTE DE APOIO À GRAVAÇÃO EM MÚSICA POPULAR DE 2010, gravou o CD PRÓLOGO – Instrumental de Viola de 10 Cordas, com arranjos próprios para quinteto de cordas, flauta transversal, violão, gaita ponto, baixo fretless e percussão. Participaram do projeto de gravação vários músicos renomados como Renato Borghetti, Rodrigo Sater, Papete, Antonio Porto, (os três últimos músicos que fazem parte da Banda que acompanha o Almir Sater), entre outros. www.violaoliveira.com/products/produto-1/

De formação erudita, o músico Sidnei preocupou-se em escrever todos os arranjos para suas composições de todos os instrumentos utilizado nas gravações. Desta forma, não foi preciso tantos ensaios, pois todos os músicos receberam suas partituras e puderam estudar sozinho.

Sidnei de Oliveira realiza shows onde apresenta composições próprias e arranjos que estão em seu 1º (primeiro) CD intitulado PRÓLOGO, uma linguagem que perpassa do erudito ao universo caipira, e do contemporâneo ao new age.

 

Em 2011 juntamente com o compositor Paulo Antunes, foi organizador do Primeiro Projeto PARCERIAS (A proposta do Projeto PARCERIAS foi mergulhar em uma faceta importante do cancioneiro popular brasileiro conhecida como Música Popular Brasileira). Neste projeto foram 6 (seis) shows com repertórios dos festivais da Record, mais um festival de canções promovido no último encontro com músicos selecionados de várias regiões. Foram mais de 100 (cem) inscrições para o projeto.

 

  • Em Fevereiro de 2012 realizou o show SESC Instrumental Brasil – Prólogo, show promovido pelo Sesc Consolação. Neste show foi apresentado as composições do CD Prólogo com participação dos músicos Célio Sene (Flauta Transversal), Daniel C. Martins (Violoncelo) e Papete (Percussão).

Mora em São Paulo-SP e leciona aulas particulares de viola caipira, violão e teoria musical.

 

No ano de 2013 ganhou:

  • Prêmio Rozini na categoria Arranjador - evento realizado no Memorial da América Latina - São Paulo - SP com o CD - Prólogo - Instrumental.
  • III FeNaCruPe - Festival de Viola em Cruzeiro dos Peixotos - Uberlândia - SP, foi ganhador do prêmio Aclamação Popular por votos via internet com a composição Presságio.
  • 31ª FAMPOP - Avaré/São Paulo - Prêmio de Melhor Instrumentista executando a composição 10 Cordas e um Chamamé.

No ano de 2016 publicou seu livro intitulado:

 

Junto com a cantora Lenara Abreu iniciou o projeto de pesquisa intitulado TAIHU. ( Resgate de música erudita, adaptando e transcrevendo peças de piano e redução de orquestra para viola de 10 cordas, flauta, violoncelo e voz).

Com os músicos Célio Sene (Flauta Transversal), Daniel César Martins (Violoncelo) e Lenara Abreu (Voz) formou o GRUPO DE CÂMARA TAIHU. No repertório do grupo, músicas dos compositores: Bach, Händel, Monteverdi, John Dowland, Luis de Milán, Manuel de Falla, Antonio Caldara e Villa Lobos. Todos os arranjos e adaptações são de Sidnei de Oliveira tendo como principal objetivo a utilização da Viola de 10 Cordas com uma linguagem e interpretação sempre aproximando o máximo do alaúde e do cravo.

      

   

 

 

 

Contacto

Procurar no site

© 2011 Todos os direitos reservados.

Viola Oliveira Produções Artísticas